Musics....

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

DECLARAÇÃO À MINHA METADE

Declaração à minha metade
(Que se faz presente em meus dias e noites)

Amor incondicional que me abate
àquele que me completa
Hoje percebo que os problemas
aparecem e somem
assim como as tempestades
que ensurdecem nossos órgãos
e logo em seguida se transforma
em primavera morna
o importante é que estou ao seu lado
e você ao meu
juntos numa valsa eterna
que não cessa
que vibra nossos pés
descalsos sobre a terra fria
que nos refresca da estação
chamada verão
tenho você
não preciso de mais nada...

Um comentário:

fernanda odaguire disse...

Eu não sei se te disse isso uma vez, tenho quase certeza que disse com outras palavas, não sei...

eu nem deveria comentar esse post, visto que cabe à sua metade fazê-lo..mas homens, homens que trabalham! homens que nos inpiram todo o tempo em que respiramos, mas que só têm tempo de nos escrever em poucos minutos, ah homens, homens de verdade!

pára de enrolar, ai vai. Droga, vou ter que começar de novo:

Eu não sei se te disse uma vez ou se apenas pensei mas esse amor do qual você tanto fala, eu quase posso sentir o cheiro daqui. É quase místico, é quase louco, é um pouco do quase tudo que eu tenho: é algo forte e tão verdadeiro que eu admiro. Ah, sim, sem mais nenhum comentário, apenas um 'Ah, amor'!