Musics....

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

O RENASCER DA VIDA

O RENASCER DA VIDA

ALAGO TODA A TRISTEZA DO MUNDO
REFAÇO AS LINHAS DO HORIZONTE DESTRUÍDO
ASSOPRO TUFOS DE ALGODÃO AO VENTO
RECRIO OS ANIMAIS AQUÁTICOS EXTINTOS
DISTRIBUO AS SETE CORES NAS ASAS DE UMA BORBOLETA
RESPIRO O AR PURO COMO UMA CRIANÇA ADORMECIDA
ILUMINO OS POSTES DA RUA CHAMADA VIDA
SEPARO OS OCEANOS DA DISCREPÂNCIA
PLANTO AS ÁRVORES DO ALIMENTO
SEMEIO A TERRA NOVA COMO O ÚTERO DA NATUREZA
RANCO AS ERVAS PODRES DA TIRANIA
ABRAÇO OS URSOS MANSOS DA MONTANHA
ME ACONCHEGO NA CAVERNA DE UM TIGRE BRANCO QUALQUER
E ACARICIO AS DIGITAIS DO SEU DORSO QUENTE
DIVIDO MEU SABER CONSCIENTE
DEITO NA ROCHA FRIA E ADORMEÇO
DESPERTO COM A LUZ DOS RAIOS DA ESTRELA MAIOR
PISO NA TERRA MORNA E MACIA
ERGO MEUS BRAÇOS E TOCO A COPA DAS SERINGUEIRAS
OLHO PARALISADA A NEBLINA FINA
QUE COBRE TODA O ALTO DA FLORESTA
ME PERMITO DEGUSTAR O DOCE PÊSSEGO AMARELO
TIRO TODO O AÇÚCAR E LANÇO AO MAR
NA CERTEZA QUE O SORO DO RENSCIMENTO
JORRARÁ NAS BICAS DA EVOLUÇÃO HUMANA

2 comentários:

Teigi disse...

Errar para acertar: realidade da humanidade.
Poeticamente: renascer; ter outra chance;...
Quão bom seria...

janice diniz disse...

Gostei!

Abração