Musics....

domingo, 19 de setembro de 2010

AS FRONTEIRAS DO AMOR

As fronteiras do amor
(Caris Garcia)

Naquela manhã o raio de sol era sublime
ao redor, um oceano de coloridas flores
o universo inteiro pertencia ao mesmo time
exalava primavera em todos os arredores

Pássaros azuis se divertiam no galho farto
Era a manhã que nascera quase perfeita
as grutas, montanhas e árvores, nosso quarto
Em todas as estações, era farta a colheita

Um dia que o mundo sorria para todos
eu corria descalça pelos campos floridos
testemunhando o nascimento de vários brotos
Feliz pelos cestos sempre abastecidos...

Sedenta de sentir a terra me invadir
e ser parte daquela natureza perfeita
o amor nascera em mim ao vê-lo sorrir
e ao seu lado não havia esquerda nem direita

Transformou-me como ninguém havia feito
completou-me tal, que dentro de mim não cabia
Coração puro entregando-se ao amor perfeito
enamorados inocentes, brincando dia após dia

No alto das colinas o mirei chegando
a felicidade se irradiava em meu peito
mas pela modo como seu olhar era desfeito
Uma pontada e o medo se multiplicando...

Você correu para mim e me abraçou forte
Como se fosse a última vez que o faria
A carta de convocação da guerra, o passaporte
Algum setor militar, escrito artilharia...

Antes de partir, uma jóia lhe entreguei
um broche antigo, na família estava há gerações
Gravado nele "da doce rainha para seu único rei"
"Volta para mim !" Foram minhas recomendações...

Infelizmente mais tarde a sina se cumpriria...
Perdidos olhares atravessando os tempos e as fronteiras...
A Guerra nos separara. O guri ficou sem a sua guria...
E os inimigos invadiram a terra, perdoando só a videira...

Invadiram nossa casa, e nela fizeram moradia
Sob a mira do inimigo, me puseram a lhes servir
Atos e gestos de intensa e agonizante covardia
Mas nada eu sentia, era impossível minh'alma agredir

Mesmo que a dor de sua ausência fosse elevada o suficiente
Todas as madrugadas, antes mesmo do sol despertar
eu corria para a colina e enviava-lhe o amor sobrevivente
Na esperança que algum dia, você, para mim pudesse voltar...

Um comentário:

fernanda disse...

porque toda felicidade tem que ser acompanhada pelo seu "preço"? é incrível porque vc quer sempre o preço mais alto, pois assim, a felicidade é mais plena também. Parabéns pela originalidade e principalmente, pela força!!!