Musics....

domingo, 10 de janeiro de 2010

Frestinhas da vida...

Frestinhas da vida...
(Caris Garcia)

Aquele murmúrio do vento
entrando na janela pela frestinha ...
Deixando o pensar sonolento
uma manta cobrindo a estrelinha...

Corvo e pássaro os céus cruzando
a neblina, todos os edifícios cobrindo...
As folhas, comemorando em bando
as raízes cantando, "tempo bem-vindo..."

Um marco feito naquela história
do ontem não existe mais nada...
Aparente cicatriz satisfatória
cortes profundos em arranhada...

O "nunca" de fato não existe
e o belo está em toda esquina...
Há avenidas de alegrias e rua triste
e nada que enfraqueça a eterna menina...

Mesmo que o tempo fique abafado
e na frestinha o vento não mais soprar...
ainda existirá o encantado cavalo alado
e lindas histórias românticas para contar...