Musics....

sexta-feira, 16 de abril de 2010

O postulado da solidão (Caris Garcia)

O postulado da solidão
(Caris Garcia)

O êxtase lírico em profundidade...
O abalo do sentimento deveras oculto
O sol se despedindo em tom escarlate
No alto da montanha, o ser absoluto

Sem razões para sorrir ou chorar
Nenhuma nota a ser lida no rodapé
Somente a passagem Inca é subliminar
Sendo o efeito apenas o que de fato se é...

Ah...Hoje, só desprovidos fragmentos...
Amanhã certamente estrofes peculiares!
O natural adágio do ambiente sonolento
Desta essência não existem tais exemplares...

O fardo da lembrança bem-vindo
Sendo esta muito boa ou ruim
Uma gota do licor de tamarindo...
A melodia do festivo bandolim...

Depois dos dons jamais usados
Dos raios adormecidos na endosfera
O futuro em guerra com o passado
O presente na espreita, na espera...

Mal trajados coiotes do monólogo
Línguas abolidas do homem que se basta
Verás a dependência e os fins bem logo
O vínculo brotará da tua própria casta...

A metamorfose que fora interrompida
Sem estados físicos tampouco quânticos...
Na solidão, somente a leve e solta recaída
Abnegados proclames aos ventos pudicos...

domingo, 11 de abril de 2010

Amor (Caris Garcia)

Amor....
(Caris Garcia)

Ah... Se eu não tivesse esse amor...
Que sopra o ar da vida em meus pulmões...
Desces em meu abismo?! Anjo catalisador...
Em local tão escuro...Lágrimas aos milhões...

Para minha alegria, ousado tu és !
Que coragem é essa? Trazes aqui a salubre face?
Tua luz forte é vista aqui, acolá, através...
Esta que não me deixa, voraz rapace...

Quando tento perder o meu sentido
Tu logo me devolves todos e algo mais...
se te faço um rosto meio aborrecido
Deixas-me um bilhete do amor e teus sinais...

Ah... Quem eu seria hoje, se não tu mesmo ?
Que dentro de mim habitas com intensidade...
Às vezes, insensatas palavras blasfemo...
E nem assim, perdes tua claridade...

E dentro de ti acho o meu caloroso refúgio...
Agradeço pois eu tenho o teu amor...
Deixo aqui, registrado este real prelúdio
Viver ao teu lado, é viver sem supor...

A nota

A nota
(Caris Garcia)

Sinto a vibração das notas
que se saúdam, compatriotas
Nos ritmos da confraria
Sem algoritmos...Todavia...

Contudo a nota que sinto vibrar
com profundidade de tua raiz
Em nobres vestes e coroa aureolar
faz das palavras a força motriz...

Utópica salvação deste planeta?
guarda na mente a tua criança...
Com ar despreocupado, ar careta
relembra a imperecível herança...

Teu corpo em tuas terras, deleita!
Vê as mães que abastecem oceanos!
Agradeça todo ciclo da colheita...
Honre os dizeres: Da paz sou veterano!

Em rios, transforma tua unidade
lagos e lagoas da benéfica esperança
Reverta o caos da esterilidade!
O amor na tua vida, hoje alcança!

sábado, 3 de abril de 2010

Decreto para a humanidade





Decreto para a humanidade
(Caris Garcia)

Vista-te, ser que adormece!
Levanta-te desta alienação!
Em nada adianta só uma prece
Nesta vil estrada da contramão...






Certamente, não tão distante de ti...
"Pré-humanos" destroem tua geração
Talvez aqui, os próximos nem chegarão...
Aos supérstites, sequer a sombra do rubi




É tão numeroso o rastro da destruição
Que teu próprio lixo é testemunha...
Envergonha-te logo, de antemão!
E repense o que a natureza propunha...





Destruição da vida do planeta ?
Moda? A que ponto tu chegaste!
Caças com rede a borboleta?
Que bandeira é esta que eleva na haste?




Não deixa o holocausto se modernizar!
Não permita que a injustiça evolua!
Irás deixar teu próprio irmão agonizar?
Achas mesmo, que as árvores são tuas?




Se há esperança? Vê o Decreto!
São tantos os olhos na multidão...
Localiza-te e anda no caminho reto...
Adote-se pois tu estás órfão !





Se tiveras o sucesso de ter nascido...
Enxerga a vida como ela é...
Idealiza como deverás ser conhecido
Constrói em base sólida o tripé...




A primeira lei é o decreto! Voa pelicano!
A segunda é a primeira aplicada...
A terceira: Salvem este ser nem sempre humano!
E o planeta sobreviva na outra virada...





Nota.:

1 - http://paneladepressao2009.blogspot.com/ (Prefácio - O Herói de mil faces - Joseph Campbell)
2 - http://dualpoemas.blogspot.com/ (Símbolos x Desmistificando)
3 - http://carisversusfernanda.blogspot.com/ (A Venda Perdida)
4 - Decreto para a humanidade...