Musics....

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Guerra de flores (Caris Garcia)

Guerra de flores
(Caris Garcia)

Ilustração: Teigi Hirae






















Em estradas tão diversas e obscuras
Em rotas ligeiras, densas e sinuosas
Sensações extraordinárias de intensa ternura
O grito densamente abafado da poesia e da prosa

As cores renasciam uma a uma
As asas estavam despertando
É de frente que se vence! O risco? Assuma!
Uma única voz no comando !

Em movimentos leves da integridade
A mistura original circulava intacta e primitiva
O que nos salva é só a verdade
Não há outra saída nem justificativa

Todo ambiente sublime se eleva
Ancestrais abençoando todo o colorido
Tudo que não faz parte se releva
A caixa de pandora aberta, nosso tesouro tão escondido...

O pulso voltava em ritmo cadenciado
Como boleros antigos da boemia
Livres de hipocrisias e pecados
Conversas tribais antigas em telepatia

O oxigênio correndo pelas veias
Combustões múltiplas e sequenciais
Todos em festa no Eldorado, nossa aldeia...
Chega de "menos", nossa vida é só o mais

Jamais pode ser visto o ápice da alegria
Nem vivida em qualquer outro lugar
Olha a vitória, mas se lembra o tamanho da travessia
Apenas retiramos todo o sal do mar...

A magia da pureza espiritual
Tocando incessantemente a essência
O íntimo da tranquilidade subindo o degrau
Vulcões em atividades navegando ares de paciência

Águas tão calmas e mansas
A paz percorrendo todas as gotas
Aquela velha canção que não se cansa
O elo liberto na paradisíaca rota

As partículas formando novas cachoeiras
Todo o seio acima do amor, o ninho
Óleo nas juntas, sacudindo a poeira
Como bálsamo, cura labirintos e abismos do caminho

Até o impossível nos fez reverência
Nada poderia conter o magma contido
O táctil em cíclica urgência
Inclusive os inimigos se prostraram, vencidos

Novos horizontes para o par de  borboletas
Que das cinzas renasciam e se uniram mais uma vez...
Guerra de flores ecoando nas trombetas
O coração valente, na esperança e fé, assim se fez...

http://youtu.be/xuUE_BWwxjA