Musics....

sábado, 3 de abril de 2010

Decreto para a humanidade





Decreto para a humanidade
(Caris Garcia)

Vista-te, ser que adormece!
Levanta-te desta alienação!
Em nada adianta só uma prece
Nesta vil estrada da contramão...






Certamente, não tão distante de ti...
"Pré-humanos" destroem tua geração
Talvez aqui, os próximos nem chegarão...
Aos supérstites, sequer a sombra do rubi




É tão numeroso o rastro da destruição
Que teu próprio lixo é testemunha...
Envergonha-te logo, de antemão!
E repense o que a natureza propunha...





Destruição da vida do planeta ?
Moda? A que ponto tu chegaste!
Caças com rede a borboleta?
Que bandeira é esta que eleva na haste?




Não deixa o holocausto se modernizar!
Não permita que a injustiça evolua!
Irás deixar teu próprio irmão agonizar?
Achas mesmo, que as árvores são tuas?




Se há esperança? Vê o Decreto!
São tantos os olhos na multidão...
Localiza-te e anda no caminho reto...
Adote-se pois tu estás órfão !





Se tiveras o sucesso de ter nascido...
Enxerga a vida como ela é...
Idealiza como deverás ser conhecido
Constrói em base sólida o tripé...




A primeira lei é o decreto! Voa pelicano!
A segunda é a primeira aplicada...
A terceira: Salvem este ser nem sempre humano!
E o planeta sobreviva na outra virada...





Nota.:

1 - http://paneladepressao2009.blogspot.com/ (Prefácio - O Herói de mil faces - Joseph Campbell)
2 - http://dualpoemas.blogspot.com/ (Símbolos x Desmistificando)
3 - http://carisversusfernanda.blogspot.com/ (A Venda Perdida)
4 - Decreto para a humanidade...



3 comentários:

CARIS GARCIA disse...

Vamos por o dedo na ferida, e parar de se lamentar...

Ações pequenas são de grande valia...

Ensinar os filhos a preservar, conviver, cuidar da natureza é um pequeno passo com gigantesco efeito... Ação e Reação...

Reciclagem...
Saco pástico...
Animais em risco...
Prostiuição infantil...
Escravidão infantil...
Trabalho infantil...
Matança de golfinhos, baleias,...

Quando vai parar?

Vai parar quando passamos da indignação, rancamos as vendas, e entramos em ação...

Faça o que você pode fazer !
O que está em seu alcance...
Mas faça !

Eu perdi a minha venda... E você ?
Quando vai rancar a sua ?

jackeline disse...

Oi amiga...
Adorei essa prosa. É forte e sensível. Vem de encontro ao que faço por toda a minha vida - a preservação ecológica - sempre achei que eu fazia um esforço de formiguinha! Que bom que vc pense assim. Por mim, por vc, o mundo pode ser bem melhor. UNAMO-NOS!!!

Fernanda Odaguire disse...

Menina, que avanço é esse?!?!? Esse poema não é uma lástima, é um grito de despertar... faltam-me as palavras, eu desacostumei a escrever... mas esse poema é maravilhso, parabéns!