Musics....

domingo, 19 de julho de 2009

FONTE SAGRADA - Caris Garcia

FONTE SAGRADA
(Caris Garcia)

A tristeza insensata que principia...
Em turva água da lágrima já tão seca
Sem tua presença, é amor em agonia
é convidar como companhia, a enxaqueca

Por quantos oceanos nadaremos nós?
Tantos cais, e naus! Horizonte claro...
Amigos, namorados, casados e avós...
Canto dos samurais! Na fonte eu declaro!

"Nem a certeza é varrida daqui e de lá...
Os que ainda se manifestam, são tão poucos ...
Depois de concedido o delicado alvará
Eles nos chamarão de sonhadores e loucos

Mas desses olhares, hoje, não tão calados
Desses sorrisos, hoje, tão mais sinceros
Ouça o bater das asas! Fomos abençoados!
Neste presente, só o amor eu venero !"

Como é eterno este céu que se esconde...
Na liberdade que é voar assim, ao teu lado
Insegurança? Medo ? Tristeza? Onde?!
Nem um fiapo fica mais abandonado!

"Amor tão faminto! Interior farto!
Não! De você quero o "mais"!
Suaves gemidos de meus ais...
Na célula, o núcleo! Indolor parto..."

Como é afinado este tom que sussurra...
um amor assim tão doce, nunca se finda
é a felicidade na torre! Ah! Que altura!
Alegria! Alegria ! Seja bem-vinda!

3 comentários:

Anônimo disse...

Lindas palavras.. maravilhosa poesia... Você conseguiu capturar a "fonte sagrada" do amar... Como é bom ver você assim, feliz, alegre e linda... principalmente quando penso que estas ao meu lado.. agora e sempre..
Eu te Amo..
Continue sempre assim meu amor.

Dj Doriva® disse...

Sempre mexendo com a imaginção alheia...sempre perfeita nas sua palavras..sempre simple e autêntica...Meus parabéns!!!

Fernanda Odaguire disse...

Maravilhosa inspiração, com um pingo de tristeza nadando neste mar de felicidade.. mas está lá, a lágrima, ainda que seca.