Musics....

domingo, 21 de outubro de 2012

A fraqueza

Mais fraco este ponto
O papel manchado pelo tempo
Minha vida, nem te conto
Abra a mente, fique atento

A coluna romana corroída
Só angustia e tristeza
A criança na casa parida
Olhos azuis de ternura e beleza

A impotência do não agir
A falta de esperança corroendo
A força que impede o admitir
Faça as malas e saia correndo

Um querer ser melhor
Mas nunca chega o dia
Essas pessoas tão amadas
Nao sirvo nem de companhia

As vozes que nao dão trégua
Aparecem como o carrasco e seu chicote
O galopar do pássaro e o vôo da égua
Um som ameaçador... O trote

Batendo em minha alma sem piedade
Deus me socorre !!!!
Perplexa só fica a minha humanidade
A esperança que as vezes morre...

Um comentário:

jackeline disse...

Fraqueza é o título, a poesia não! Parabéns miga. Vc transpira emoções entre o claro e o escuro, qquer que seja a temática, sentimos na pele, na alma... os 150 anos.
Bjão
Jacks