Musics....

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Nossos pilares (Caris Garcia)

Nossos pilares
(Caris Garcia)

Infinitos "ais" esses, os meus...
Que submergem dentro da insana
inglória e bastarda tempestade do breu...
Em teu piscar de olhos alcanço meu nirvana...

Me arrasta para o sul e para o leste
ou ao único lugar que me sinto segura
Aquecendo a alma fria com tua energia celeste
Não acorda! Dura sonho... Dura!!!

Dentro da tua bússola sem ponteiros
Para fora de teus versos sem rimas
a entrega de meu sorriso mais matreiro
não há força maior que este amor! Obra-prima !

Fortaleza tua que me afeta em demasia
Ao som das trombetas musicais
e da nuvem distribuindo alforria
Teu Navio... Meu cais...

Tua voz mansa e forte,
de todos os felinos reunidos
A única que vence todas as mortes
Sem você... O chão se faz perdido...

Na mesma força que o teu universo
do meu único verso equilibra a vida
rebate a medalha do reverso
Único conhecedor do meu ponto de partida

Para fora e dentro do teu aquário
cujo alguns dão o nome de oceano...
É o frescor destas tuas águas que eu amo
Não as adjetivo com nenhum dicionário...

Banham-me por dentro e por fora
Purificando ao nível mais alto
Olhos fixos no horizonte da tua aurora
Oh! Puro amor! Doce pureza, eu arrebato...

Entregando-me límpida e transparente
A direção exorcizo...Olha o princípio de tudo!
Nos teus mares, do meu céu confidente
Não preciso dizer...Nasce a dança em nosso som mudo...

Em tuas dimensões infindáveis, em teus mares
tua mão sempre está enlaçada na minha...
Castelo que nos pertence... Você é meu rei, eu tua rainha
Teus sussurros..."eu existo e estou aqui ..."Nossos pilares...


https://www.youtube.com/watch?v=6V4sspUayvo&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=iVOSTDyZIp8&feature=youtu.be

4 comentários:

Noslen Ariexiet (Direitos Reservados) disse...

Você brinca com as palavras e seu texto tem ritmo! Lindo texto! Abraços musicais!

Rodrigo Amaral disse...

Bom Dia Caris, meu Amor !!!
Parabéns pela escrita, um poema maravilhoso que submete lembranças jamais esquecidas ao longo de nossas vidas...

Castelo que nos pertence... Você é meu rei, eu tua rainha

Continue sempre assim em 2015 !!!
Sucesso meu amor...

Bjs.

Digo

Yehrow, Adônis, ou quem quiser eu seja. disse...

Seus poemas Caris, são sempre enternecedores. Não me canso ou privo de lê-la, pois antevejo a cada estrofe portais de extensa dimensão lírica e sua alma poética. Desejo-lhe Poetisa um ano de 2015, repleto de luz, inspiração e realizações. Aplausos por mais esta obra singular.

jackeline disse...

miga... acho que (sem exagero) nunca exprimiram tão bem "o amor" como você o fez! Seus delineamentos sutis e marcantes, traduzem a essência que tantos poetas tentam descrever esse empirismo, "tentam" encravar, mas apenas riscam! Adorei viu!
bjs
Jacke