Musics....

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Rascunho 1

Rascunho (no papel de pão) rs

No pranto que me sustenta
um saber quase imediatista
das correntes que se quebram
em cada vitória alastrada

Teu pisar há de ser tão profundo
quanto ao da prole que se multiplica
num tear divino e misterioso
desta festividade chamada vida

O ato de criar se reverbera
em todos os ventos que me elevam
generosos, de tão boa vontade
que a sensação vibra nos ponteiros antigos
Acelerando os segundos que falecem na brisa noturna

Mas há de por vir um instante nesta dimensão
onde a balança e o horizonte se alinham
todas as cores se reunindo em festa
e os elementos projetarão a cadência de minha alma

O "minha" e o "nossa" alçando vôo
Borboleta e anjo
Eu e você..

Um comentário:

jackeline disse...

Oieee!!! Que linnnda declamação!!! Vc estava tão leve qdo compôs esta, que pelo jeito ela fluiu como o vento! rsrs que nem um artista que das cores na paleta se faz um arco-íris.
Posso expressar uma palavra pra essa poesia?: UAU
Bjs migaaa
Jacks