Musics....

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Nossas raízes (Caris Garcia)

Nossas raízes
(Caris Garcia)

Desistiria da minha eternidade
Somente para te ter neste momento
suave união do amor com a saudade
champagne e morangos: nosso alimento

Onde as raízes do amor se edificam
a paisagem tênue entre o ser e o existir
caminhos que brilham e te saúdam
as minhas visões pode agora invadir...

Dirigia uma vida sem rumo e sem vontades
um suspirar profundo era raridade
o olhar perdido era saudoso de sua presença
sem religião, filosofia ou crença...

Erros constantes e diários quase sufocava
Pedia uma vida breve...vaso sem violeta
Até que em meus sonhos você me resgatava
como um anjo salvando a frágil borboleta

Invada meu lar, meu templo, minha casa!
Veja dentro de você onde eu moro
acenda nosso amor no vulcão, na brasa
Vejo dentro de mim e choro...

Quebre as regras, hoje você sou eu
Lágrimas caem por sentir sua respiração
Esta é sua entrega divina...Doce Orfeu!

Siga a minha trilha, siga o seu coração

3 comentários:

=NuNuNO== Griesbach disse...

Olá, estou passando por aqui para conhecer um pouco do seu local, e antes de mais nada, preciso explicar que não entendo de poesia, não entendo de métrica ou de classificações, no máximo sei os efeitos, bons ou ruins, que um texto, ou um poema causam em mim.
Desde o início, senti que sua poesia era recitada em um sonho, tentando com um sussurro alcançar um ouvido (coração) distante. Um monólogo desejoso de obter resposta e tornar-se um diálogo. Talvez Orfeu, esteja ele onde estiver, tenha escrito um poema espelho, com uma resposta dele para cada verso seu...

Um grande abraço

=NuNuNO==
(Que acha que a pergunta certa nunca foi qual caminho seguir para encontrar um desejo, e sim, qual desejo seguir para encontrar um caminho...)

=NuNuNO== Griesbach disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Amaral disse...

Caris Amaral,

Sensacional cada frase e detalhe de suas palavras.
São palavras muito profundas na qual conheço letra a letra, pois sempre tive junto contigo.

Continue sempre assim.

Te amo te montão.

Beijos
Digo.