Musics....

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Poeiras de Viena (Caris Garcia)

Poeiras de Viena
(Caris Garcia)



Ilustração: Teigi Hirae



















O candelabro tinha tanta vida...
A orquestra revestindo os vazios espaços
E com flores derramando em toda avenida
Para colher no portão branco o tão sonhado abraço...

  
As velas de fundo tão veteranas
O chão de tabuleiro suas histórias contando
Para Afrodite bradando, hosana!
A tarde chuvosa e fria no comando

As cordas tocadas com tanta delicadeza
As estátuas olhando o todo com perfeição
Elevando todos os pedidos a vossa alteza
Tudo se originou na nossa antiga criação...

 
O violino tão exato e perfeito
O coral dando o caimento total
Tento embaralhar todos os conceitos
A conclusão proposta é tão vital...


Viena atingindo o mais alto grau
Momentos esses, tão perfeitos!
O quadro se revelando divinal
Freud sorri com um olhar satisfeito

Eis que cai, a tarde fria e chuvosa
Acompanhada pelo espetáculo produzido
Uma nuance de poesia e prosa
Um tiro no escuro do desconhecido


Em algo tão maior que nos faz acreditar !
Lágrimas de emoção! Mundo gira, rodopia !
Nós ! Eu e você ! Tom maior que o ar
Emocionamos até a alma mais fria...



Conheça Viena >>  https://www.youtube.com/watch?v=rUu8yYt-tz8

Música             >> https://www.youtube.com/watch?v=jQp-YjiE3zc

3 comentários:

claudia Cantagua disse...

adorei, adoro viena, tenho muita vontade de conhecer, e vc me trouxe um pedacinho dela...

Rodrigo Amaral disse...

Amor !!!
Lindas palavras, algumas muito interessantes e marcantes como "o tão sonhado abraço no portão branco" e o "cafezinho". Lugar impar para se deliciar de um belo expresso, comer alguns doces, passear e vislumbrar das lindas arquiteturas.
Te amo.

Beijos.
Rodrigo Amaral

jackeline disse...

lindo amiga!! Comparar com o texto, o que a cidade de Viena proporciona: exatidão, cultura e o glamour; exatidão do amor, da fraternidade e da felicidade... a xícara de café, diz tudo. Singelo e sensacional.